Pergunte à Candy
Torna al blog

Não sei escolher entre placas elétricas, de indução e a gás. Será que podiam dar-me algumas sugestões?

placas elétricas, de indução e a gás

Quando tem de escolher entre uma placa a gás, elétrica ou de indução, é natural que se veja em dificuldades, pois cada uma delas tem as suas vantagens. Vejamos juntos quais são:

As placas a gás

As clássicas placas a gás são as mais comuns e as mais económicas do mercado, mas também são as que têm um desempenho mais baixo e a taxa mais alta de perda de energia. Entre as suas vantagens, recordamos o preço em conta, a compatibilidade com todos os tipos de tachos e de panelas e, por último, mas não menos importante, o facto de funcionarem mesmo que haja uma falta de eletricidade.

As placas elétricas

Temos de dividir as placas eléctricas em dois tipos diferentes: a radiante e a de halogénio. O primeiro tipo funciona graças ao aquecimento da resistência elétrica, o segundo é alimentado por luz infravermelha de halogéneo; ambos são cobertos por uma placa cerâmica, um material indestrutível, virtualmente incorruptível e resistente a temperaturas elevadas.

Em comparação com as placas a gás, são mais práticas e mais seguras, sem bicos que se podem entupir, e são completamente lisas, pelo que são muito fáceis de limpar.

As placas de indução

Tal como as placas elétricas, as placas de indução também são alimentadas por uma corrente elétrica e são cobertas por uma placa cerâmica, mas estão equipadas com bobinas especiais, capazes de gerar um campo magnético que é convertido em calor, o que faz com que seja necessário utilizar tachos e panelas adequados para este tipo de cobertura.

As placas de indução apresentam inúmeras vantagens, incluindo uma cozedura de alimentos uniforme e rápida, e a facilidade de limpeza. Outra caraterística que torna aconselhável a escolha deste tipo de placas é o facto de haver ou não crianças em casa: caso hajam, estas placas são mais seguras devido à baixa temperatura registada pela placa, o que evita o risco de queimaduras.

Os desempenhos das várias placas

Para perceber as diferenças entre as várias placas, tem de imaginar que tem de ferver um litro de água num tacho com um diâmetro de 15 cm: numa placa a gás demora cinco minutos até a água começar a ferver, numa placa elétrica demora 7 a 8 minutos, enquanto numa placa de indução demora apenas três minutos, com uma eficiência máxima e uma perda de energia mínima.

Que tipo de placa é a melhor escolha para si?

Cada placa tem as suas próprias vantagens, por isso sugerimos que faça a sua escolha de acordo com suas necessidades e prioridades: o consumo de energia, a poupança de dinheiro, de tempo, de espaço, etc. A Candy coloca à sua disposição uma vasta gama de placas de todos os tipos e de todos os tamanhos online, para que possa encontrar a que melhor lhe convém!

16/11/15
Categorias: